17/04/2018 - 02:06:25

Deputado Janduhy Carneiro diz que prisão de 17 policiais licenciados é ato de perseguição do Governo

Autor: Joelma Alves

Deputado Janduhy Carneiro diz que prisão de 17 policiais licenciados é ato de perseguição do Governo

 

O deputado estadual Janduhy Carneiro (Patriotas) classificou como um ato de perseguição a detenção dos dezessetes policiais na manhã desta terça-feira (17) quando cobravam o retorno deles às atividades após um período de licença. Da tribuna da sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o parlamentar criticou mais uma vez a intransigência do governo do estado com a corporação.

Janduhy Carneiro explicou que o grupo de policiais militares licenciados protestava na manhã desta terça na Praça dos Três Poderes, em frente a sede da ALPB, pedindo o retorno deles às atividades, após o fim do período de licença. Entretanto, segundo os PMs, o governo do estado não aceita e teria os excluídos da corporação.

“O que precisa ser feito é que eles retornem aos postos de trabalho, quando a sociedade clama por mais policiais nas ruas. Nós temos policiais que tiraram licença para cuidar de interesse particular e após esse período, esses policiais buscam retornar aos postos de trabalho e não podem. Achando pouco o governo ainda persegue esses policiais”, disse o parlamentar.

O deputado falou que a manifestação promovida pelo grupo foi pacífica e legal tendo em vista que eles ainda são policiais. “Foi uma manifestação pacífica e justa. Os policiais ainda estão com suas fardas, recebem contracheques e querem voltar ao trabalho. Como não houve exclusão e publicação no Diário Oficial, então os PMs continuam na corporação. Mas o governo não aceita. Eles estão entrando no judiciário e a Justiça está dando o parecer favorável aos policiais, mesmo o governo não tendo interesse em chamá-los”, disse.

O parlamentar lembrou que o concurso anunciado pelo Governo para a Polícia Militar é uma ação que não será cumprida. “Lamentavelmente, o governo joga para a galera dizendo que vai realizar um concurso público esse ano, mas não convocará nenhum policial concursado em 2018. O que o governador deveria fazer era receber uma comissão desses policiais licenciados para um diálogo e não persegui-los. Agora eu pergunto: qual o crime que eles cometeram? Estão reivindicando seus direitos. Aqui na Paraíba estamos vendo de tudo neste fim de governo”, disse o deputado.